domingo, 17 de junho de 2018

70 milhões de jovens querem deixar o Brasil, aponta Datafolha


No filme de terror em que o Brasil foi transformado pelo golpe de 2016, que derrubou uma presidente honesta, instalou uma quadrilha no poder, destruiu empregos e entregou riquezas nacionais, o resultado é devastador. Pesquisa Datafolha aponta que, se pudessem, 62% dos jovens iriam embora do Brasil e que a mesma decisão seria tomada por 43% dos adultos.

"Num piscar de olhos, a população dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná desapareceria do Brasil. Cerca de 70 milhões de brasileiros com 16 anos ou mais deixariam o Brasil se pudessem, mostra o Datafolha. 

Na pesquisa, feita em todo o Brasil no mês passado, 43% da população adulta manifestou desejo de sair do país. Entre os que têm de 16 a 24 anos, a porcentagem vai a 62%. São 19 milhões de jovens que deixariam o Brasil, o equivalente a toda a população de Minas Gerais. 

O êxodo não fica apenas na intenção. O número de vistos para imigrantes brasileiros nos EUA, país preferido dos que querem se mudar, foi a 3.366 em 2017, o dobro de 2008, início da crise global", informa reportagem de Ana Estela de Sousa Pinto.

Ou seja: o Brasil, que era um dos países mais admirados do mundo nos governos Lula e Dilma, e poderia se converter numa grande potência global, hoje não desperta a confiança nem dos brasileiros.

- no Brasil 247

Lula assistiu jogo entre Espanha e Portugal na cela, com advogado


Fã de futebol, o ex-presidente Lula assistiu ao empate por 3 a 3 entre Espanha e Portugal, ontem (15), em sua cela na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Junto com ele esteve o advogado Cristiano Zanin.
O petista acompanha com atenção o fato de o ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), ter liberado julgamento de recurso que pede sua liberdade - o magistrado quer que a pauta seja analisada em 26 de junho.
O pedido de Fachin, segundo o jornal Folha de S. Paulo, fez com que dirigentes de instituições financeiras nacionais e internacionais procurassem informações com suas fontes para saber da possibilidade de Lula ser solto ou não. Eles estariam temerosos com a possibilidade de o petista deixar o cárcere.
No PT, embora o julgamento se apresente com luz no fim do túnel, as expectativas quanto a resultado favorável ao ex-presidente não são as maiores, tendo em vista as seguidas derrotas imputadas a Lula nos últimos tempos. 

Impopular e isolado, governo Temer sinaliza fim prematuro



Com uma impopularidade histórica e um esvaziamento do apoio congressual, o mandato de Michel Temer apresenta os primeiros sinais de um desfecho prematuro.
A quase seis meses da passagem da faixa presidencial, o Palácio do Planalto desistiu de propostas antes prioritárias, não consegue evitar que medidas provisórias caduquem, passou a ser menos frequentado por aliados e corre o risco de perder funcionários comissionados.
A possibilidade do governo acabar antes do fim era o principal receio de auxiliares presidenciais que defendiam que o presidente mantivesse o discurso de candidato à reeleição até julho, postergando o processo de abandono de seu mandato por políticos e empresários.
Em conversas reservadas, relatadas à reportagem, o presidente foi convencido de que dificilmente conseguirá emplacar até o final do ano propostas que já não estejam no Congresso e reconhece a dificuldade de fazer o seu sucessor na eleição deste ano.
O principal receio dele, segundo parlamentares governistas, é de que o próximo presidente revogue as duas medidas que ele considera os principais legados de seu mandato: o teto de gastos e a reforma trabalhista.
Em um governo sem capital político, o projeto de simplificação tributária, por exemplo, deve ficar apenas para a próxima gestão.
O caminho deve ser o mesmo da reforma previdenciária, que, após não ter respaldo mínimo para ser aprovada, foi deixada de lado diante da intervenção federal no Rio de Janeiro.
Com uma impopularidade de 82%, segundo o Datafolha, o presidente tem enfrentado dificuldades até mesmo em não deixar que medidas provisórias percam a validade. Nos últimos meses, não foram votados, por exemplo, ajuste na reforma trabalhista, privatização das distribuidoras elétricas e aumento na tributação de fundos exclusivos.
A romaria de deputados governistas ao gabinete presidencial, rotineira durante os dois primeiros anos de mandato, não é mais frequente. Em junho, o máximo que o presidente recebeu, durante um mesmo dia em audiências privadas, foi oito integrantes da base aliada. No final do ano passado, ele chegava a receber até 15 governistas em um mesmo dia.
Com a perspectiva de troca de governo, funcionários em cargos de confiança começaram a buscar emprego na iniciativa privada. Segundo a reportagem apurou, além de auxiliares palacianos, jornalistas e publicitários que trabalham em pastas ministeriais têm entrado em contato com assessorias de imprensa atrás de vaga de trabalho.
Com o retrato de enfraquecimento, um assessor presidencial resume que, a partir de agora, só restou ao presidente levar a máquina pública "no piloto automático" para entregá-la em janeiro ao seu sucessor.
Com informações da Folhapress.

Boicotado, Irã compra uniforme para jogar Copa do Mundo


Para disputar a sua quinta Copa do Mundo, o Irã precisou comprar uniformes para jogar. Todas as peças que compõem a vestimenta da equipe asiática são adquiridas da fabricante Adidas.
A informação foi confirmada pela Federação Iraniana de Futebol, que evitou dar mais detalhes sobre o caso. No site oficial da entidade, não existe nenhuma exibição do logotipo da Adidas.
Para vestir a seleção brasileira, por exemplo, a Nike pagou em 2017 R$ 116 milhões.
Os iranianos, porém, não reclamam da cobrança da Adidas. A empresa alemã tem ajudado a equipe nacional a driblar um problema causado pelas sanções econômicas dos Estados Unidos.
Forneceu chuteiras aos atletas da equipe após a Nike se recusar a fazê-lo devido ao embargo americano. A recusa da Nike irritou o técnico Carlos Queiroz e diversos atletas da seleção.
"O que a Nike fez conosco foi muito errado", disse o atacante Karim Ansarifard. "Eu não quero comentar muito esse assunto, mas, como jogador de futebol, nós não comparamos problemas políticos e diplomáticos com o esporte".
"É algo totalmente injusto contra 23 garotos que só querem jogar futebol. Eles merecem ser tratados como qualquer outro jogador no mundo", disse Queiroz.
Em nota, a empresa afirmou que "as sanções dos Estados Unidos fazem com que a Nike, como uma empresa americana, não possa fornecer chuteiras para os jogadores do Irã".
Em maio, o presidente americano, Donald Trump, anunciou a retirada do país do acordo nuclear com Teerã. Com isso, derrubou o alívio das sanções econômicas ao país asiático, que valia desde 2015.
Com o Irã no portfólio, a Adidas é a empresa que mais tem representantes na Copa do Mundo. São 12 seleções -incluindo o Irã-, superando a Nike, que veste dez seleções.
O ranking ainda tem Puma (4), New Balance (2), Uhlsport (1), Hummel (1), Umbro (1) e Errea (1).A Adidas também é patrocinadora oficial da Fifa há 20 anos. Antes disso, já produzia a bola do Mundial desde 1970, no México. 
A última renovação de contrato entre Fifa e Adidas foi em 2014 e é válida até 2030. Os valores são mantidos em sigilo, mas por ser uma parceira de grau máximo a estimativa é que desembolse cerca de US$ 44 milhões (R$ 164 milhões) por ano. Com informações da Folhapress.

Goleiro da Suíça é modelo, blogueiro e diz não ter medo do Brasil


O quarteto ofensivo da seleção brasileira, formado por Neymar, Gabriel Jesus, Coutinho e Willian, não mete medo no goleiro Yann Sommer, titular da seleção da Suíça, adversária do Brasil na estreia da Copa do Mundo, logo mais às 15h.
Sommer, que joga no Borussia Mönchengladbach, da Alemanha, conversou com a imprensa na cidade de Tolyatti, na região de Samara, na Rússia, e afirmou que o jogo será difícil para os dois lados. “A Suíça não está com medo. O jogo será difícil para as duas seleções”, disse o arqueiro, de 29 anos.
Na Suíça, Sommer faz sucesso não só por ser goleiro da seleção nacional. Ele é considerado galã no país e, além de jogador, é também modelo de uma marca de cremes faciais. E não para por aí: o goleirão gosta de cantar e tocar violão nas horas vagas, e ainda se dedica a um blog de culinária, uma de suas paixões.
“Para mim, é mais do que um hobby (blog culinária). Eu adoro comer e adoro cozinhar. É uma alternativa que tenho ao futebol, minha outra paixão. Na minha família, a cozinha sempre esteve presente, então trago isso da minha infância”, contou.
Brasil e Suíça se enfrentam às 15h (de Brasília), neste próximo domingo (17), em Rostov.

Camisa amarela da seleção é rejeitada por parte dos brasileiros


Pouco se vê de camisas verde e amarelo pelas ruas do Brasil em plena Copa do Mundo 2018. O motivo é que manifestantes contrários ao PT e ao governo de Dilma Rousseff usaram a camisa da seleção brasileira como uniforme e, agora, quem torce pelo Brasil fica com receio de ser considerado apoiador dos protestos passados.
A camisa foi adotada como símbolo dos protestos pró-impeachment da presidente Dilma. "Foi apropriada por esses movimentos porque representa o Brasil que deu certo, mas virou sinônimo da polarização política do país. Evito usar na rua. Não quero ser confundido", afirma o estudante Matheus Peogetti, 18 anos.
O auditor Vinícius Nagawa, 24, acredita que o uso da camisa amarela nas manifestações indica o tamanho da crise de identidade dos brasileiros. "É como se precisássemos do uniforme da seleção para nos sentirmos brasileiros. Na falta de todo o resto, é o futebol que nos representa", afirma.
A verdade é que a procura pela camisa amarela diminuiu, segundo revela a Folha de S. Paulo. O uniforme azul estaria conquistando os torcedores por estar menos ligado ao racha político que pautou brigas e agressões entre a direita verde-amarela e a esquerda vermelha.
A marca patrocinadora da seleção, a Nike, informou em nota que a camisa azul caiu no gosto do brasileiro e está com um ritmo de saída acelerado, já esgotada em algumas lojas, mas atribuiu o desempenho a seu design inovador.
O escritor gaúcho Aldyr Garcia Schlee, 83, que aos 17 anos venceu o concurso que escolheu o desenho do uniforme da seleção, em 1954, diz aprovar a atual rejeição a sua criação após o uso político. "Usaram a camisa para derrubar Dilma como se fosse um símbolo nacional sem se darem conta de que ela representa uma entidade fraudulenta", considera Schlee.
O professor de literatura da USP (Universidade de São Paulo) José Miguel Wisnik, autor do livro Veneno Remédio (Companhia das Letras), que explorou as relações entre o futebol e o imaginário coletivo brasileiro, avalia que a vida pública brasileira está fortemente faccionalizada e o futebol não é capaz da magia de criar unanimidades.
A seleção não é redutível a um uso político que se faça dela, diz ele, que critica o que chama de posição puramente reativa da esquerda.
- no Notícias ao Minuto

Para Tite , Neymar ainda não está 100 por cento


O técnico Tite concedeu entrevista coletiva neste sábado (16) e falou sobre a expectativa para a estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia, marcada para este domingo (17), contra a Suíça, em Rostov.
O treinador confirmou a ausência de Fred, que ainda sofre com dores de uma pancada que recebeu em um dos tornozelos durante um treinamento, mas garantiu um time muito bem preparado.
"Temos 23 atletas de altíssimo nível. O Fred não tem condições de jogo para amanhã, está fora. Todos os demais estão em condições”, disse Tite.
Ainda de acordo com o treinador, Neymar não está em condições perfeitas. Mas mesmo assim, ele acredita que o craque fará uma excelente partida.
"Neymar não está 100% ainda, mas também é muito privilegiado fisicamente. Os índices de sprint em velocidade máxima dele são impressionantes. Mas não está em sua plenitude ainda. Já está em um processo bem evoluído do que imaginávamos e suficientemente bom para fazer um grande jogo", afirmou.
- no Notícias ao Minuto

Futebol é ‘carro chefe’ dos esportes em Samambaia, no Distrito Federal


Futebol é ‘carro chefe’ dos esportes em Samambaia, no Distrito Federal, no Brasil e no mundo. Atentos à Copa do Mundo 2018, é importante lembrar os investimentos feitos, nessa modalidade esportiva. “Quando fui administrador de Samambaia revitalizamos o Estádio Regional, o ‘Rorizão’, implantamos seis campos de grama sintética, sendo o da QD 310 de tamanho oficial, iluminamos campos de terra, etc.”, diz Risomar Carvalho.

Até hoje, Risomar foi o administrador regional de Samambaia que mais tempo permaneceu no cargo. Tomou posse em 01/01/2011 e se afastou a 04/04/2014, para concorrer às ‘Eleições 2014’. Muita bola rolou nesse período, em peladas, amistosos, torneios, campeonatos, masculino e feminino, com seu apoio e participação. Antes, Risomar havia executado o projeto ‘esporte à meia noite’, conhecido na região.

“Acredito no futebol não apenas como modalidade esportiva, mas como instrumento para alavancar projetos de inclusão social, aprendizado e vivencia. O ‘esporte à meia noite’ acontecia nas escolas, ocupando as pessoas em horários alternativos. Isso ajuda a elevar a autoestima e reduzir a violência. Atualmente cito como exemplo o ‘projeto plenitude’, desenvolvido pelo pastor Manoel, na QR 617, em Samambaia/DF”, disse.

Hoje Risomar Carvalho é pré-candidato a deputado distrital, nas ‘Eleições 2018’. Muitos o acusam de usar o esporte para fazer política e ele confirma: “sim, temos que usar pra valer o potencial latente do futebol, para elevar a qualidade de vida. Tenho sempre dialogado com times e ligas esportivas, para somar o esporte às políticas públicas que elevam os índices de desenvolvimento humano”, disse ele. Por que não?!

Presidenciáveis não devem ver estreia do Brasil junto com correligionários


Todo ano de eleição é também ano de Copa do Mundo. Assim, o Mundial acabou virando, nos últimos anos, uma ótima oportunidade para os presidenciáveis exporem o patriotismo e criarem conexão com o torcedor. Era comum, os candidatos, devidamente uniformizados, convocarem a imprensa para assistir aos jogos ao lado de correligionários.
Mas este ano, talvez traumatizados com o 7 a 1, que eliminou o Brasil em 2014 diante da Alemanha, os pré-candidatos, pelo menos inicialmente, planejam ser discretos em relação ao torneio da Rússia. Claro que um bom desempenho do time do técnico Tite nas primeiras rodadas pode levar a uma reformulação dos planos. Para o jogo inicial deste domingo contra a Suíça, os políticos estão programando, em geral, ficar em casa ao lado da família. Há até quem, por causa da agenda, talvez nem consiga ver a partida.
Ciro Gomes (PDT) deve estar no aeroporto na hora do apito inicial, viajando da Paraíba para São Paulo. Ciro postou na sexta-feira um vídeo nas redes sociais em que diz que torcerá para o Brasil na Copa, apesar de, segundo suas palavras, a camisa da seleção ter sido usada “para coisa muita desonesta”. O presidenciável do PDT ser referia às manifestações pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em 2015, a camisa da seleção foi adotada pelos que pediam a saída da petista do poder.
Já o pré-candidato do PSL, Jair Bolsonaro, pretende acompanhar o duelo em sua casa no Rio, na companhia da mulher e dos filhos, os também políticos Eduardo, deputado federal como o pai, Flávio, deputado estadual, e Carlos, vereador na capital fluminense, além da filha Laura.
O pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, vai acompanhar o primeiro jogo do Brasil na Copa da Rússia com a família em casa, em São Paulo. A campanha do tucano informou que ele não terá agenda externa no domingo.
A pré-candidata da Rede, Marina Silva, vai assistir à partida de sua casa no Lago Norte, em Brasília, junto com sua família. O partido, no entanto, deve ter um evento diferente para a estreia da seleção: um de seus filiados, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, deve fazer uma transmissão ao vivo nas redes sociais do partido com comentários sobre a atuação do escrete contra a Suíça. A sigla avalia a possibilidade de Marina participar eventualmente dessa transmissão com Bandeira de Mello.
Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula, pré-candidato do PT, deve ver o jogo sozinho, já que não há visitas aos domingos. A TVT, ligada ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, anunciou que Lula enviará diariamente comentários por escrito sobre as partidas da Copa, que serão lidos no ar.
Com informações do Jornal O Globo

Tramita na Assembleia Legislativa proposta para instituir o Junho Vermelho


O dia 14 de Junho foi declarado pela OMS (Ogranização Mundial da Saúde) o Dia Mundial do Doador de Sangue. E, ontem, quinta-feira (14), passou a tramitar na Assembleia Legislativa do Ceará o projeto 149/18 da deputada estadual Fernanda Pessoa, do PSDB. A proposta é de que seja instituído o Junho Vermelho no estado para estimular e conscientizar a população sobre a doação de sangue.

Segundo dados de 2016 do Ministério da Saúde, 1,8% da população brasileira não é doadora, índice abaixo do recomendado pela OMS.

Requisitos para tornar-se um doador:

-Ter idade mínima de 16 anos e máxima de 69 anos;
– Pesar, no mínimo, 50 kg;
– Ter dormido pelo menos 6 horas nas última 24 horas;
– Não ingerir bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem a doação;
– Estar bem de saúde, sem gripe, resfriado ou febre há, no mínimo, 7 dias;
– Não estar em período de gravidez ou amamentação;
– Não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos 6 meses (piercing na boca ou na genitália impedem definitivamente a doação);
– Não ter feito uso de drojas injetáveis;
– Não ter visitado regiões onde há surto de febre amarela nas últimas quatro semanas;
– Não ter tido relação sexual em que tivesse risco de doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses.
- no Ceara News 7

MP apresenta denúncia criminal contra sete vereadores de Capistrano


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Promotoria de Justiça da Comarca de Capistrano e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), apresentou nesta sexta feira (15), denúncia criminal contra sete vereadores de Capistrano pela prática de crimes de peculato, falsidade ideológica e documental, organização criminosa e embaraço às investigações.

Na operação Day Off, deflagrada no dia 8 de junho, foram constatados reiterados desvios de dinheiro público através da concessão de diárias fraudulentas a agentes políticos e servidores da Câmara Municipal de Capistrano.

Na ação foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e de seis mandados de prisão preventiva nas cidades de Capistrano e Maracanaú. Foram presos quatro vereadores, um servidor da Câmara Municipal de Capistrano e uma funcionária da União dos Vereadores do Ceará (UVC).
As buscas e apreensões ocorreram nas residências dos investigados e na Câmara Municipal de Capistrano.

- no Ceará News 7

Marcelo será o capitão do Brasil na estreia da Copa do Mundo


Tite já definiu quem será o capitão da Seleção Brasileira neste domingo, quando sua equipe entra em campo contra a Suíça, em Rostov, as 15h (de Brasília) na estreia pela Copa do Mundo. Trata-se do lateral-esquerdo Marcelo, que vestirá a braçadeira pela segunda vez na gestão do treinador. 

Antes, Marcelo já havia capitaneado a Seleção na partida contra o Equador, na Arena do Grêmio, no ano passado, válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Ao todo, 16 jogadores já vestiram a braçadeira em 20 ocasiões.

Nos amistosos preparatórios para o Mundial, Gabriel Jesus foi o escolhido para ser o capitão contra a Croácia, em Anfield, estádio do Liverpool. Foi a primeira vez que o atacante assumiu a condição de líder do time canarinho desde que passou a ser convocado. Depois, contra a Áustria, foi a vez de Miranda vestir a braçadeira. 
O Brasil encerra sua preparação para a estreia na Copa do Mundo neste sábado, quando treina na Arena Rostov, palco do duelo com a Suíça. Após a atividade, o técnico Tite concederá entrevista coletiva ao lado de Marcelo, o capitão.
- no jornal O Povo

Messi perde pênalti e Argentina empata com Islândia


O craque Lionel Messi não correspondeu às expectativas de quem queria ver um desempenho parelho ao demonstrado por Cristiano Ronaldo contra a Espanha. Muito marcado e com um time totalmente dependente de si, o camisa 10 teve a chance de dar a vitória para a Argentina no segundo tempo contra a Islândia, mas perdeu pênalti e não evitou o empate por 1 a 1.
Os argentinos, que marcaram com Aguero, abrindo o placar, viram Finnbogason igualar logo depois, em falha da defesa sul-americana.
Os comandados de Jorge Sampaoli agora têm cinco dias para descansar antes de voltar a campo para encarar a Croácia, na quinta-feira, às 15h (de Brasília), na cidade de Nizhny Novgorod, em duelo fundamental para a classificação. O time de Helmir Hallgrimsson, por sua vez, terá pela frente a equipe da Nigéria na sexta-feira, às 12h (de Brasília), em Volgogrado.
- no jornal O Povo

Acorda gente que hoje pé dia de jogos pela Copa do Mundo da Rússia


Confira jogos de hoje:
9 horas – Costa Rica   x  Sérvia
12 horas- Alemanha  X  México
15 horas – Brasil  X Suíça

Cueva desperdiça pênalti, e Dinamarca vence o Peru em Saransk



A seleção dinamarquesa estreou na Copa do Mundo da Rússia com vitória neste sábado. Enfrentando o Peru na Arena Mordovia, em Saransk, o conjunto europeu fez um primeiro tempo inferior ao dos rivais, contudo, aproveitou o abalo emocional da seleção peruana, que desperdiçou um pênalti com Cueva quando ainda estava 0 a 0, para se impor e assegurar o importante triunfo por 1 a 0 graças a Poulsen, que balançou as redes aos 13 minutos da etapa complementar.
De volta à Copa do Mundo após 36 anos, Cueva não conteve a emoção após desperdiçar o pênalti no fim do primeiro tempo e foi para o intervalo aos prantos. Guerrero e outros companheiros tentaram consolar o meio-campista do São Paulo, que até tentou se redimir na etapa complementar, mas não teve muito sucesso.
Já a Dinamarca ganhou confiança para o restante da fase de grupos. Ciente do favoritismo da França, o time entrou em campo neste sábado ciente da importância de vencer o Peru, principal concorrente pela segunda vaga para as oitavas de final no Grupo C, e fez o dever de casa.
O Peru volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, quando encara a França, em Ecaterimburgo, às 12h (de Brasília). A Dinamarca volta a jogar no mesmo dia, um pouco mais cedo, às 9h, contra a Austrália, em Samara.
 - no jornal O Povo, com foto do Yahoo

Camilo reata aliança política com Domingos Filho e família


O governador Camilo Santana (PT) recebeu neste sábado, na Residência Oficial, Domingos Filho, o deputado federal Domingos Neto e Patrícia Aguiar. O objetivo do encontro foi o fortalecimento da aliança entre Governo do Estado e o PSD no Ceará.
Domingos Filho é conselheiro em disposição, que, antes, presidia o Tribunal de Contas dos Municípios, extinto com apoio do governador e avalizado pelos Ferreira Gomes. Esse fato foi consequência do período sucessório da Assembleia Legislativa, quando o grupo de Domingos tentou derrotar o projeto de reeleição de Zezinho Albuquerque, apostando no deputado Sérgio Aguiar, hoje reintegrado à base governista.
Com a reaproximação, bancada pelo ex-governador Cid Gomes, Camilo Santana acaba a briga política e abre caminho para a reeleição do deputado federal Domingos Neto, presidente estadual do PSD, e eleição de Patrícia Aguiar, ex-prefeita de Tauá, para a Assembleia. Já Domingos Filho, que tem pleito avaliado juridicamente para tentar um mandato, pelo visto, recua desse objetivo.

Croácia vence Nigéria e fica na liderança do Grupo D na Copa do Mundo da Rússia


A primeira rodada do grupo D da Copa do Mundo prometia um confronto direto entre Croácia e Nigéria, aparentemente duas candidatas à segunda vaga em uma chave que conta com a Argentina, atual vice-campeã e equipe liderada por Lionel Messi.

Na prática, o destino reservou um sábado muito mais saboroso e animador para o pequeno país europeu.

Primeiro, os favoritos sul-americanos tropeçaram diante da esforçada e estreante Islândia. Pouco depois, um gol contra e um pênaltis infantil, ambos oriundos de cobranças de escanteio, garantiram aos croatas a vitória por 2 a 0 em cima dos africados.

O resumo da rodada de abertura no grupo D é uma Croácia com a classificação bem encaminhada, isolada na ponta, com três pontos.

Argentina e Islândia, nessa ordem, vêm atrás, cada uma com um ponto cada, enquanto os nigerianos seguram a lanterna zerados.

Derrotada pelo Brasil em amistoso às vésperas do Mundial na Rússia, a Croácia adotou uma postura diferente do que se viu na Inglaterra, contra a seleção de Tite. Talvez mexidos pela massa de torcedores que se deslocou à Arena Baltika, em Kaliningrado, os croatas tomaram a iniciativa e ditaram o ritmo desde o apito inicial.

Agora, em situações bastante distintas, Croácia e Nigéria se preparam para a segunda rodada do grupo E. Os europeus enfrentam a Argentina na quinta-feira, às 15h, enquanto os nigerianos encaram a Islândia, no dia seguinte, às 12h (sempre em horário de Brasília).

FICHA TÉCNICA
CROÁCIA 2 X 0 NIGÉRIA

Local: Arena Baltika, em Kaliningrado (Rússia)
Data: 16 de junho de 2018 (Sábado)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Brasil)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Brasil) e Marcello Van Gasse (Brasil)
Cartões amarelos: Rakitic, Brozovic (CRO); Ekong (NIG)
Público: 31.136 pessoas

GOLS
Croácia : Etebo (contra), aos 31 minutos do 1T, e Modric, aos 25 minutos do 2T

CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko, Vida, Lovren, Strinic; Ivan Rakitic, Luka Modric, Rebic (Kovacic), Kramaric (Brozovic), Perisic; Mario Mandzukic (Pjaca).
Técnico: Zlatko Dalic

NIGÉRIA: Uzoho; Shenu, Ekong, Balogun e Idowu; Ndidi, Etebo, Obi Mikel (Simy), Iwobi (Musa), Victor Moses; Ighalo (Icheamacho).
Técnico: Gernot Rohr 

- no jornal O Povo

Início da Copa do Mundo em Fortaleza é marcado com a abertura da Bud Basement


A Copa do Mundo FIFA de 2018 é na Rússia, mas a capital cearense tem sua sede para a turma se reunir e torcer pela Seleção Brasileira. Isso porque a cerveja Budweiser, patrocinadora global do Mundial, lançou na noite da última  quinta-feira, 15, o Bud Basement Fortaleza para os cearenses se conectarem com a atitude, por meio de uma atmosfera urbana, genuína e contemporânea como Budweiser.

O projeto, que ocorrerá até 15 de julho, é inspirado nos icônicos porões de Nova York (EUA) e Berlim (Alemanha), e ocupa o Órbita, no Dragão do Mar, até o fim da Copa com festas temáticas e apresentações de cantores, como Matuê, Rico Dalasam, Tássia Reis e Haikass.

O projeto está presente em dez capitais brasileiras.

No Bud Basement Fortaleza, os cearenses poderão desfrutar de galpões com barbearia, estúdio de tatuagem, telões que irão transmitir os jogos do Mundial, pebolim e futebol de botão, uma quadra de street soccer, uma “banca” para os fanáticos por figurinhas terem um ponto de encontro para troca, e até disputarem as mais valiosas em campeonatos de “bafo”. O evento conta ainda com Barbecue voltado para os amantes de churrascos premium, com deliciosos hambúrgueres. Terá também opções vegetarianas.

Programação completa:

•16 de junho, House Party com Matuê, sábado, a partir das 21h

•17 de junho, Brasil e Suíça, domingo, a partir das 13h

•17 de junho, Tributo Foo Fighters, domingo, a partir das 17h

•22 de junho, Brasil x Costa Rica, sexta-feira, a partir das 9h

•22 de junho, Me dei bem com Rico Dalasam, quarta-feira, a partir das 14h

•23 de junho, Arraiá do Se Faz de Santo, quinta-feira, a partir das 21h

•27 de junho, Brasil x Sérvia, quarta-feira, a partir das 13h

•29 de junho, Me dei bem com Tássia Reis, sexta-feira, a partir das 21h

•30 de Junho, festa Latin Lovers, sábado, a partir das 21h


Sobre a Budweiser Basement

Com mistura de cenários e muita atitude, o evento da marca leva uma experiência autêntica para os consumidores. O espaço com inúmeras atrações terá palco para receber bandas e DJs com curadoria especial, um bar temático e telões com visão 360° que  transmitirão os aguardados jogos da Copa do Mundo. Além disso, exposição de motos, barbearia, estúdio de tatuagem e grafite também farão parte do ambiente. “O grande desafio é desenvolver não apenas grandes campanhas ou parcerias, mas sim enriquecer as experiências dos nossos consumidores. Budweiser Basement é um projeto criado para contar um pouco mais da nossa história e dividir os valores que nos unem. É um espaço interativo e que reflete nossa atitude”, explica André Clemente, diretor de eventos da Ambev.

Sobre a Budweiser

A cerveja lager mais famosa do mundo, acredita que para ter atitude e ser autêntico, você deve viver em seus próprios termos, sem se importar com o que os outros pensam. Há mais de 140 anos, a cerveja Budweiser é produzida da mesma forma e seguindo suas próprias regras. Em suas campanhas a marca destaca essa atitude e os detalhes de sua produção: seus ingredientes naturais (água, malte, arroz e lúpulo), lascas da madeira de beechwood - usadas no processo de fermentação, que ajudam a arredondar seus aromas e sabor único.