segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Construção do novo prédio da Câmara Municipal do Crato deve iniciar em fevereiro


A Câmara do Crato ganhará um novo prédio para abrigar suas atividades. A nova sede do Poder Legislativo cratense já deve ter sua obra iniciada no próximo mês de fevereiro. 
De acordo com o presidente Florisval Coriolano (PRTB), é preciso ampliar e tornar mais cômoda as instalações para receber a participação dos cidadãos. O espaço atual, segundo ele, é limitado e não acomoda bem que vai assistir as sessões.
O presidente explica que a atual gestão construirá a nova sede, a começar por um novo Plenário. As obras estão previstas para começar em fevereiro e terão prazo de doze a dezoito meses para serem concluídas.
O prédio será construído em um terreno doado pelo Governo do Estado e a previsão é de que ainda em 2018 o espaço destinado ao Plenário esteja em funcionamento.
Para tanto foi feita uma economia nos recursos durante todo o ano de 2017 e o presidente buscou apoio dos parlamentares federais na tentativa de conseguir emendas que possam garantir a construção.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Câmara do Crato aprova Conselho Municipal de Desenvolvimento Agrário

A Câmara Municipal do Crato aprovou, na última sessão de 2017, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Agrário. A iniciativa dos vereadores Florisval Coriolano (PRTB) e Pedro Lobo (PT) visa, dentre outros aspectos, promover o desenvolvimento agrário em Crato assegurando a efetiva e legítima participação de representações dos diversos segmentos e movimentos sociais.
Também são objetivos do conselho: formular e promover políticas públicas para o setor; fomentar a execução, a monitoria e a avaliação das ações previstas no Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável; a interlocução junto a órgãos públicos para sugerir adequações e denunciar irregularidades, entre outros.
Farão parte do conselho representantes do poder público: secretário municipal de Desenvolvimento Agrário; da Ematerce; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE); Universidade Regional do Cariri; Universidade Federal do Cariri; Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh); Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo Sustentável; e Câmara de Vereadores do Crato.
Por parte da sociedade civil, serão integrados ao conselho: representantes de associações comunitárias; organizações sociais sem fins lucrativos; representantes de sindicatos de Produtores Rurais, Trabalhadores Rurais, Trabalhadores da Agricultura Familiar e Trabalhadores Orgânicos e Ecológicos; cooperativa agropecuária com sede em Crato; e de assentamentos municipais.
O conjunto de representantes terá mandato de dois anos. A lei que cria o Conselho Municipal de Desenvolvimento Agrário, aprovada pela Câmara de Vereadores, segue para sanção do prefeito José Ailton Brasil. 
Créditos da Foto: Fotos Públicas