LightBlog

Kátia Abreu filia-se ao PDT e vira importante reforço para candidatura de Ciro Gomes à Presidência

No próximo dia 2, a senadora federal pelo estado do Tocantins, Kátia Abreu, irá oficializar a sua filiação ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), em Palmas. Na ocasião, o pré-candidato à Presidência da República, o cearense Ciro Gomes (PDT), estará presente. O comunicado sobre a filiação foi lido em Plenário nesta quarta-feira, 28. 
 
Desde novembro do ano passado, Kátia estava sem partido, após ser expulsa pelo conselho de ética do PMDB, atual MDB, por criticar o governo do presidente Michel Temer e por agir contra as orientações do partido no processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).  
 
Além da forte influência nacional na política e na economia, a senadora é uma das favoritas na disputa pelo comando do Governo de Tocantins, o que garante um palanque importante para Ciro no estado.
 
A senadora é empresária do ramo pecuarista, e defende os direitos do setor e da bancada ruralista no Congresso Nacional. Foi apelidada por movimentos ambientalistas como a ‘Miss Desmatamento’, devido ao seu posicionamento sobre o uso das florestas e sobre os direitos dos trabalhadores rurais e povos indígenas. 
 
Seu filho, o deputado Irajá Silvestre Filho (PSD-TO) após tomar posse em 2011, elaborou o Projeto de Lei 2163/2011, que propõe o fim dos estudos de impacto e do licenciamento ambiental para empreendimentos agropecuário, florestais ou relacionados ao reflorestamento.  
 
De acordo com o cruzamento de dados feito pelo Ruralômeto - ferramenta desenvolvida pela Repórter Brasil que avalia se a atuação dos deputados federais é prejudicial ao meio ambiente, povos indígenas e trabalhadores rurais, com base em informações concedidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Irajá é o parlamentar que mais desmata. 

- no jornal O Povo
Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário