LightBlog

Cineasta Nelson Pereira dos Santos morre aos 89 anos

Responsável por filmes como “Rio, 40 graus”, de 1955, e “Vidas Secas”, de 1963, o cineasta Nelson Pereira dos Santos morreu neste sábado, 21, aos 89 anos de idade. Ele estava internado há uma semana no Hospital Samaritano, na zona sul do Rio de Janeiro. A morte de Nelson foi causada por câncer no fígado, descoberto já em estágio avançado, enquanto o cineasta buscava tratar uma pneumonia. 

O inspirador do que é chamado no Brasil de “Cinema Novo”, deve ser velado na Academia Brasileira de Letras (ABL), local onde ele foi o primeiro como cineasta a ocupar vaga, em 2006. O cineasta, advogado e jornalista faria 90 anos em outubro próximo. 
 
Ele deixa a mulher Ivelise Ferreira, quatro filhos e cinco netos. Entre, eles a jovem Mila Chaseliov, que já se manifestou nas redes sociais, colocando uma foto abraçada ao avô, em seu perfil no Facebook. 
 
Nelson nasceu em São Paulo, no ano de 1928, formou-se em advocacia, atuou como repórter de jornais de SP e também no Rio. Além disso, ele lecionou na Universidade Federal Fluminense, onde implementou a graduação em Cinema. 

- no jornal O Povo
Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário