LightBlog

Ciro Gomes tem dois discursos bem diferentes quando fala do Lula


O presidenciável Ciro Gomes (PDT) tem tido ultimamente um discurso eivado de críticas ao ex-presidente Lula e ao Partido dos Trabalhadores, que é no campo político ao lado da CUT (Central Única dos Trabalhadores) duas grandes criações de Lula agora preso nas masmorras de Curitiba.

Os discursos de Lula são antagônicos e estranhos. Primeiramente ele defendeu que um  grupo de brasileiros, e ele incluído, deveriam com ajuda de juristas levar o Lula a uma embaixada , fazendo tipo um sequestro e deixar Lula na embaixada de um País qualquer(que ele não especificou qual) e impedir a prisão de Lula.

Ora, caros internautas, quem propõe isso, no mínimo está  deixando claro que o ex-presidente deveria estar sofrendo algum tipo de injustiça ou perseguição. Se isso acontece, então Lula pode sim ser considerado um preso político. Seria inverossímil um ex-governador ex-ministro de Estado como Ciro propor leva rum ex-presidente realmente culpado de crime comum para um asilo se o tal ex-presidente fosse culpado.

Depois dessa opinião de Ciro Gomes deve ter tido algum tipo de insight ao ver que a situação política se aprofundava e que a condenação e em seguida a prisão de Lula era algo possível. A partir desse momento Ciro começa a mudar de opinião, ataca Lula e o PT, não dá nenhum tipo de solidariedade e ainda tenta se apresentar e vem sendo apresentado por alguns setores do PDT e gente ligado a ele, como o fiel herdeiro dos votos do petista.

Ledo engano.

O PT e Lula de forma acertada devem manter o nome do ex-presidente na disputa de 2018 a presidente da República. Até agora a direção nacional do PT não falou em plano B, pelo contrário, PT soltou nota dizendo que Lula é o único plano do partido.

Ao mesmo tempo, as frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo, movimentos sindicais e sociais vem defendendo primeiro soltar o Lula, intensificando o acampamento em apoio a Lula e ampliando a campanha pelo Brasil e até de forma internacional.
Ciro Gomes não aparece em nada, nada fala, e ainda solta a provocação “não sou puxadinho do PT”.

Que falta faz Leonel Brizola velho de guerra, coerente e enquanto vida teve sempre na luta em defesa do Estado Democrático de direito, do cumprimento da Constituição e por um Brasil soberano e independente.

Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário