LightBlog

Reno Feitosa: julgamento de habeas corpus de Lula foi o ápice de deterioração do direito penal


Durante participação no Jornal Progresso 2ª edição, na FM Progresso de Juazeiro do Norte (CE) na última sexta-feira, 20, o professor do curso de Direito da Universidade Regional do Cariri (URCA) fez duras críticas a  forma como foi votado o Habeas Corpus impetrado junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) pela defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.
O professor Feitosa analisou os votos dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Rosa Weber.
Segundo o jurista “estamos sofrendo processo de degradação do processo penal e do direito penal lento e progressivo muito grave e que pode comprometer a cidadania”, afirmou.
Reno Feitosa criticou os votos dos três membros do STF e alertou que o voto e a defesa feita, por exemplo, por Luis Roberto Barroso cometeu um equívoco.
Segundo  Reno Feitosa é claro  que há muita corrupção no Brasil e que todos queremos acabar com essa corrupção, mas não pode servir de argumento para julgar um Habeas Corpus.    

ESCUTE  a íntegra da entrevista concedida pelo advogado  e professor Reno Feitosa aos radialistas Tarso Araújo e Ronaldo Campos.  
Share on Google Plus

About Noticias

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário