quarta-feira, 16 de maio de 2018

Elmano questiona Guimarães sobre aliança entre PT e MDB no Ceará


A instalação de uma crise no Diretório Estadual do PT, pode forçar a reabertura da discussão sobre a aliança entre o governador Camilo Santana (PT) e o senador Eunício Oliveira (MDB). A possibilidade foi aberta pelo deputado estadual Elmano Freitas (PT), após o deputado federal José Guimarães garantir, no Cariri, que a aliança estava fechada.

Ao receber o áudio do discurso de Guimarães e a edição do Jornal do Cariri, o deputado Elmano teria comentado que o colega de legenda não teria legitimidade para anunciar a aliança. Para Elmano a garantia vai de encontro ao fato do partido não ter finalizado o debate sobre a aliança.

Guimarães, vice-presidente Nacional do PT, tem se colocado à frente da disputa contra o presidenciável Ciro Gomes, que tenta desarticular a aliança com o MDB no Ceará.

SEM ALIADO. O problema para Elmano é que ele está sem aliados na tese. Apesar de não falar sobre a aliança a deputada federal Luizianne Lins, líder política de Elmano, acabou enfraquecendo a tese contra a aliança ao criticar Ciro em entrevista ao Jornal O Povo, na sexta-feira, 11. Luizianne disse que Ciro não será o candidato da esquerda porque não é de esquerda.

ex-prefeita de Fortaleza, aproveitou para criticar a aliança de Camilo com os irmãos Cid e Ciro Gomes.

SINAL. Já o senador Eunício Oliveira, em passagem pelo Cariri, tratou de fortalecer o principal aliado de Guimarães, o suplente de deputado estadual Manoel Santana (PT). Eunício convidou Dr. Santana para anunciar as mais 800 casas para o novo conjunto do “Minha Casa, Minha Vida”, em Juazeiro do Norte.

Durante o anúncio transmitido pelas redes sociais, Dr. Santana e Eunício trocaram elogios e garantiram trabalhar juntos pelo acesso do povo do Cariri a moradias de qualidade. Santana foi o primeiro prefeito do Cariri a viabilizar o projeto do Governo Federal, ainda no segundo Governo Lula.

FECHANDO O CERCO. Para fechar o cerco contra a tese de Ciro, o senador Eunício Oliveira admitiu que sentou com o ex-governador Cid Gomes e que as conversas para uma aliança política entre ele e Camilo estão adiantadas. Em entrevista ao jornal Diário do Nordeste, Eunício citou uma pesquisa interna, onde 80% dos cearenses já aprovam a aliança administrativa.

- no blog do Madson Vagner


Nenhum comentário:

Postar um comentário