LightBlog

PLANO TRAÇA SOLUÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DO CARIRI


Um grupo de trabalho formado por gestores municipais, representantes de universidades e de outros setores da sociedade caririense, promove um diagnóstico e debate soluções para o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) da Região Metropolitana do Cariri (RMC). As propostas serão acolhidas pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades.

Conforme a pasta, o PDUI visa ser um instrumento para o planejamento de ações voltadas ao progresso urbano da região. Elas devem levar em conta uma avaliação estratégica de soluções para os problemas detectados e a definição de potencialidades. São previstas intervenções com foco no desenvolvimento sustentável da região a partir de temas como saneamento, meio-ambiente, recursos hídricos e aspectos da mobilidade urbana.

Uma oficina realizada no Centro de Convenções, em Crato, acolheu sugestões de moradores da região para a ampliação do desenvolvimento conjunto das nove cidades que integram a RMC. “No encontro, foram avaliadas as questões estratégicas da RMC, uma visão da ‘Metrópole que Temos’ e da ‘Metrópole que Queremos’”, explica a coordenadora da Coordenadoria do Desenvolvimento Urbano (CODUR), da Secretaria das Cidades, Flávia Pinto.

O transporte foi um dos destaques. O Governo do Ceará recebeu propostas para o setor, como a ampliação da linha férrea do Metrô do Cariri e de linhas de ônibus intermunicipais, de forma a atender outras cidades para além de Crato, Juazeiro, Barbalha e Missão Velha. Segundo uma moradora, o turismo em municípios como Nova Olinda e Santana do Cariri seria incrementado com o aumento da oferta de transporte público vindo de outras cidades caririenses.

De acordo com o secretário das Cidades, Paulo Henrique Lustosa, é relevante a participação da população caririense nas discussões sobre o PDUI. “É muito importante a participação de todos aqueles interessados em contribuir para o desenvolvimento sustentável da Região Metropolitana do Cariri.

A oficina tem o objetivo de qualificar as discussões sobre os rumos que a gente quer ter para o nosso estado, para a nossa cidade e a nossa região, e quais são as atribuições e responsabilidade que cada um de nós vai poder fazer nesse processo”. Outras duas regiões metropolitanas – de Sobral e Fortaleza – também planejam ações para o crescimento conjunto dos diversos municípios. As atividades de organização são exigência do Estatuto da Metrópole, lei federal que cria um modelo de governança regional com o envolvimento de prefeituras e Governo do Estado, além de outros segmentos da sociedade civil.

- no JC

Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário