LightBlog

Vereadores discutem sobre o novo sistema do Zona Azul na cidade do Crato


Na manhã desta terça feira (19), os vereadores cratenses estiveram mais uma vez reunidos em sessão ordinária. Diversos temas foram abordados, dentre eles, o novo sistema do Zona Azul instalado na última segunda-feira (18). Pedro Alagoano (PSD) colocou o tema na pauta dizendo que é um absurdo não poder estacionar por mais de duas horas e reclamou do preço cobrado de R$ 2,00 por hora que segundo ele é abusivo.

Jales Veloso (PSB) concordou com o colega e declarou que o novo sistema era apenas um modo de arrecadar mais dinheiro e complementou afirmando que é irregular e inconstitucional. Já Amadeu de Freitas (PT) disse que a melhor solução seria utilizar um estacionamento privativo, pois o veículo poderá ficar por mais tempo e com segurança.

O líder do prefeito, Dr. Renan Almeida (PATRIOTA), explicou que o sistema Zona Azul existe para dar rotatividade nas ruas do Centro e afirmou que o tempo máximo para o estacionamento sempre foi de duas horas.

A violência também foi tema de discussão. Bebeto Anastácio (PODEMOS) criticou o Governo do Estado afirmando que ele não tem objetividade nos projetos da segurança pública. O vereador destacou ainda a morte de 48 pessoas dentre elas várias mulheres, apenas no último final de semana. Também destacou que a população está refém do medo e que a principal medida preventiva é a educação e também o resgate dos valores da sociedade.

Na sessão ainda foi aprovado, em segunda votação, o projeto de Lei que reestrutura o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense, além de requerimentos. Ao término das discussões e votações a sessão foi encerrada.

Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário