LightBlog

MPCE PEDE ATÉ 732 ANOS DE PENA PARA ACUSADOS DE CHACINA


A 2ª Promotoria de Justiça Auxiliar das Promotorias de Justiça da Comarca de Fortaleza, do Ministério Público do Ceará (MPCE), pediu à Justiça - em denúncia apresentada no último dia 21 de agosto - até 732 anos de pena para os acusados de participação na morte de 14 pessoas no episódio que ficou conhecido como 'Chacina das Cajazeiras' - ocorrida em 27 de janeiro deste ano, no 'Forró do Gago' e nos seus arredores.

A matança foi organizada e executada por integrantes da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE), em razão da disputa territorial pelo tráfico de drogas nas Cajazeiras, região dominada pelo grupo rival Comando Vermelho (CV), de acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os 15 denunciados pela chacina em questão deverão responder, a seu modo, pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado, incêndio, uso de gás tóxico ou asfixiante tentado, fraude processual e organização criminosa.

- no DN


Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário