LightBlog

CEARÁ BATE O VITÓRIA NO CASTELÃO E DEIXA A ZONA DE REBAIXAMENTO DA SÉRIE A


Depois de quase cinco meses, o Ceará deixou a zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro, neste sábado, 15, na abertura da 25ª rodada. O Alvinegro bateu o Vitória por 2 a 0 no Castelão, chegou aos 27 pontos e pulou da vice-lanterna para a 15º posição. A permanência fora do Z4 depende dos resultados das partidas de Botafogo, Chapecoense, Vasco e Sport, adversários diretos na parte debaixo da tabela.

O triunfo cearense passa pelo desempenho inspirado do lateral-direito Samuel Xavier. No 1º tempo, camisa 22 se aproveitou de uma bobeada do sistema defensivo do Vitória e tocou para Calyson só empurrar para o fundo das redes, abrindo o placar. Já no início da 2ª etapa, o ala recebeu um lançamento de Leandro Carvalho e finalizou de primeira para marcar um golaço.

O resultado coroa o time que teve desde o início teve a proposta do jogo ofensivo. Na 1ª etapa, Lisca montou uma estratégia para encurralar o Leão da Bahia, ter maior posse de bola e alcançar o gol. Até os 20 minutos, o sistema defensivo baiano com duas linhas de quatro funcionou, obrigando o Alvinegro a finalizar de longa distância. Por outro lado, os comandados de Paulo Cézar Carpegiani não levaram perigo para o goleiro Everson.

Mas a mescla entre ataque e marcação forte deu certo e o Ceará conseguiu abrir o placar. Depois do segundo na 2ª etapa, o Vitória precisou sair para o jogo e ficou exposto a contra-ataques. Logo após o Alvinegro ampliar o placar, Carpegiani deixou o esquema 4-4-2 para o 4-3-3 com as entradas do centroavante André Lima e do atacante Rhayner nos lugares de Neilton e Bryan.

As alterações do Vitória acabaram não surtindo efeito na busca do empate. As melhores chances dos visitantes ficaram na trave, após chute de fora da área de Lucas Fernandes e Fabiano de cabeça. A zaga do Vovô bloqueou as principais investidas dos baianos e fez mais uma partida segura.

Com o placar favorável, o Ceará jogou com tranquilidade e explorou contragolpes, ficando mais perto de aumentar a vantagem do que sofrer um gol do rival. Foram pelo menos três chances claras, uma com Juninho Quixadá e duas com Arthur, uma delas na trave. 

Com o resultado positivo, o Vovô torce agora por tropeços dos adversários diretos para não voltar para a zona. O primeiro deles a entrar em campo, o Vasco, joga às 19 horas contra o Flamengo. No domingo, a torcida do Ceará é contra os triunfos de Botafogo e Sport, que enfrentam América-MG e Corinthians, respectivamente. Por último tem a Chapecoense, que encara o Internacional na segunda-feira, 17.

Se três destes rivais não vencerem, o Vovô terminará a 25ª rodada fora do Z4. Com 24 pontos, o Sport é o vice-lanterna e o Vasco ocupa a 18ª posição. A Chape está em 17º com 25 pontos, enquanto o Botafogo tem 26.

O Vovô volta a campo no próximo dia 23 para enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre. Já o Vitória, que tem 29 pontos e a 12ª posição ameaçada até o fim da rodada, encara o Botafogo no mesmo dia, em Salvador.

Ficha técnica:

Ceará

4-2-3-1: Everson; Samuel Xavier, L. Otávio, T.Alves, F. Jonatan; Edinho, Richardson, J. Quixadá (Arnaldo), Calyson (Eduardo Brock); L. Carvalho e Arthur (Pedro Ken). Téc: Lisca

Vitória
4-3-3: Ronaldo; Jeferson, Ramon, Aderllan e Fabiano; R. Andrade, Léo Gomes e Meli (Lucas Fernandes); Bryan (Rhayner), Neilton (André Lima) e Léo Ceará. Téc: Carpegiani

Data: 15/9/2018

Local: Castelão

Horário: 16 horas

Árbitro: Marcelo Aparecido (SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes e Bruno Salgado Rizo (SP)

Cartões amarelos: Aderllan (VIT); Samuel Xavier e Luiz Otávio (CEA)

- no jornal O Povo

Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário