AGUARDE, EM BREVE MUITAS NOVIDADES NO SEU LEIA SEMPRE

sábado, 1 de setembro de 2018

On 05:11:00 by leiasempre   No comments

Eunício apresentou em sua propaganda falas do ex-presidente petista, de 2011, em que exaltava seu nome (Foto: Reprodução)No primeiro dia de propaganda eleitoral gratuita na TV, o governador Camilo Santana (PT) seguiu o ritmo que já vinha adotando em sua campanha à reeleição. Na noite desta sexta-feira, 31, ele não explicitou seu apoio a nenhum candidato à Presidência da República. Diferentemente do candidato ao Senado pelo MDB, Eunício Oliveira (MDB), que utilizou material antigo do ex-presidente Lula para seu programa.
  
Camilo Santana não esboçou seu apoio nas eleições nacionais durante o tempo na televisão. Apoiado pelo presidenciável Ciro Gomes (PDT), o governador vive impasse, pois seu partido tem mantido a candidatura de Lula à Presidência. Com isso, o candidato preferiu fazer propaganda dos números de seu governo, dando ênfase à educação.
  
Tentando se manter no Congresso Federal, o senador Eunício apresentou em sua propaganda falas do ex-presidente petista de 2011, quando exaltava seu nome. Da mesma forma, ele fez com gravações de Camilo, com quem mantém aliança informal.
  
Com narrativa mais biográfica, o candidato ao governo pelo PSDB, General Theophilo, lançou programa apresentando-se ao eleitor cearense. Com discurso de “restauração da autoridade”, ele mostrou fotos de sua infância e família, além de delinear objetivos. “Preciso pensar em uma gestão correta. Não posso desviar os esforços para obras que não são prioritárias”, declarou.
  
De crítica mais ácida, o postulante ao governo do Estado Ailton Lopes (Psol)relembrou do cenário político atual, que ele caracteriza como “velha política”. “Ciro foi eleito por Tasso (Jereissati, PSDB), que se aliou a Eunício. Eunício agora está com Camilo, que está com Ciro e contra Tasso. Esse é o conto da velha política. Ora juntos, ora separados”, reprovou o candidato.

- no jornal O Povo


0 comentários:

Postar um comentário