LightBlog

IBOPE: 3 EM CADA 10 ELEITORES ADMITEM VOTO ÚLTI NO 1º TURNO



Faltando 10 dias para a votação do primeiro turno, cerca de três em cada dez eleitores admitem que mudariam o voto para evitar que um candidato indesejado ganhe as eleições deste ano, de acordo com pesquisa do Ibope contratada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada ontem. 

Além de medir a intenção de voto, o levantamento perguntou sobre a possibilidade de o eleitor dar o chamado voto útil. Também conhecido por voto tático ou estratégico, o voto útil ocorre quando um eleitor acredita que o seu candidato preferido não tem chances de ganhar, então, ele opta por votar num candidato de que não gosta tanto com o objetivo de impedir a vitória daquele que rejeita. Entre os entrevistados, 28% armam que a probabilidade de deixar de votar em um candidato de sua preferência é "alta" ou "muito alta". Já os que consideram a probabilidade ser "baixa" ou "muito baixa" somam 48%. 

Para o gerente de pesquisas da CNI, Renato da Fonseca, ainda é baixa a probabilidade do voto útil neste pleito. "Vem se falando tanto nisso e, por isso, a curiosidade para saber como a população vem percebendo isso. É uma discussão que está aí, há vários candidatos que estão tentando se alavancar em cima disso, mas é preciso esperar as próximas pesquisas". Mais duas pesquisas devem ser divulgadas: Ibope, prevista para hoje, e uma do Datafolha (amanhã).

Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário