LightBlog

IBOPE: PT DEVE MANTER FORÇA EM 3 ESTADOS DO NORDESTE

As pesquisas de intenção de voto mais recentes divulgadas pelo Ibope nos estados apontam que até sete governadores devem ser reeleitos amanhã, em primeiro turno, com destaque para o Nordeste. Ao todo, vinte comandantes dos executivos estaduais disputam um novo mandato.

A situação mais confortável é a do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB) - o pai é o senador Renan Calheiros (MDB-AL), que também deverá emplacar mais oito anos no Senado.

No levantamento divulgado ontem, Renan Filho chegou a 66% dos votos totais. Quando são levados em consideração apenas os votos válidos - brancos e nulos são retirados da conta-, o emedebista alcança 83%, índice que o deixa em situação confortável para liquidar a disputa já nesta fase. 

O adversário mais próximo, Pinto de Luna (PROS), tem 6% das intenções de voto (8% de votos válidos).

votos válidos


O PT, considerando as tendências apontadas pelo Ibope, deverá manter uma força expressiva no Nordeste e reeleger já no primeiro turno os governadores da Bahia, Rui Costa; do Ceará, Camilo Santana; e do Piauí, Wellington Dias. No caso piauiense, Dias manteve-se na faixa de 47% nas três sondagens realizadas ao longo da eleição - a mais recente delas divulgada ontem. O índice dá ao governador 53% dos votos válidos e indica a alta probabilidade de reeleição. Na segunda posição, o candidato do Solidariedade, Dr. Pessoa, aparece com 19% (22% dos votos válidos). Na Bahia, os números da pesquisa Ibope projetam a reeleição de Rui Costa, indicando um período de 16 anos do PT no comando local - o petista Jaques Wagner, antecessor de Costa, foi eleito em 2006 e reeleito na eleição de 2010.

A força fez com que o principal adversário local do petismo, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), preferisse permanecer na prefeitura a deixar o cargo para concorrer ao governo.

O DEM, então, indicou para a missão de bater o PT o ex-prefeito de Feira de Santana Zé Ronaldo, que chegou a 10% das intenções de voto (13% dos válidos), de acordo com a pesquisa mais recente. Rui Costa marcou 61% (80% dos votos válidos).

Ceará e Maranhão

No Ceará, Camilo Santana alcança 69% das intenções de voto (86% dos votos válidos), enquanto o oponente mais próximo, o tucano General Theophilo, chega a apenas 7% (8% na conta dos votos válidos). General de quatro estrelas, Theophilo foi apadrinhado pelo senador Tasso Jereissati como um contraponto à ampla aliança de Camilo, que conta oficialmente com 16 partidos - incluindo PP, PR, PTB, DEM e PPS, todos coligados nacionalmente com o PSDB.

No Maranhão, a tendência é que o PCdoB mantenha o único governo estadual que tem hoje. Flávio Dino chegou a 56% das intenções de voto (59% dos válidos). A ex-governadora Roseana Sarney vem em segundo, com 30% (32% dos válidos).

Em situação menos confortável que a dos colegas, mas também em patamares superiores à metade dos votos válidos, estão os governadores de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), e Tocantins, Mauro Carlesse (PHS). Azambuja vem numa curva ascendente, enquanto Carlesse se mantém no mesmo patamar alto desde o início da campanha, mas ambos têm adversários que também vêm elevando suas intenções de voto.

Derrotas

Em contraponto, as pesquisas indicam que outros seis governadores devem ser derrotados já no primeiro turno.

No Paraná, a probabilidade mais alta é que Ratinho Júnior (PSD) vença a eleição amanhã, superando a governadora Cida Borghetti (PP). Em Goiás, os números apontam que o governador Zé Eliton (PSDB) será derrotado neste domingo pelo senador Ronaldo Caiado (DEM).
Em São Paulo, Distrito Federal, Rio Grande do Norte e Roraima, as eleições devem ir ao segundo turno, sem a presença dos respectivos governadores.

Outros duelos

Em Santa Catarina, o candidato Mauro Mariani (MDB) tem 31% dos votos válidos na disputa ao governo, de acordo com pesquisa Ibope. Considerando-se a margem de erro de três pontos, ele aparece tecnicamente empatado com Gelson Merísio (PSD), que tem 29%.
Em Amazonas, o atual governador Amazonino Mendes (PDT) tem 35% das intenções de votos válidos e está tecnicamente empatado com Wilson Lima (PSC), que tem 32%.

Em Rondônia, o candidato do PSDB ao governo, Expedito Junior, tem 43% das intenções de votos válidos para o primeiro turno da corrida no Estado. Em seguida, aparecem Maurão de Carvalho (MDB), com 18%, e Acir Gurgacz (PDT), com 15%. A candidatura de Gurgacz foi indeferida pela Justiça Eleitoral. O candidato, no entanto, ainda pode recorrer da decisão.

- no Diário do Nordeste
Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário