LightBlog

'NÃO POSSO DEIXAR O BRASIL CAIR NA MÃO DO FASCISMO', DIZ CIRO GOMES

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, afirmou nesta sexta-feira (5), sem citar nomes de adversários, que não pode "deixar o Brasil cair na mão do fascismo".
Ciro deu a declaração durante ato de campanha em Uberlândia, no interior de Minas Gerais, onde discursou para eleitores na Praça Sérgio Pacheco, no centro da cidade.
"Nós estamos virando jogo de forma absurdamente espetacular. É o povo brasileiro. Eu vou trabalhar até as 17h porque é a minha responsabilidade. Eu não posso deixar o Brasil cair na mão do fascismo que nega liberdade, que destrói a democracia, que não tem ideias e nem números e nenhuma experiência pra enfrentar o drama do desemprego", afirmou.
Durante entrevista a jornalistas, Ciro Gomes também fez críticas ao PT, partido que, na avaliação do pedetista, perdeu "condição política" de governar.
"Não é possível mais que o ódio e o fascismo sejam a resposta para um antipetismo, que perdeu [o PT] a condição política de nos governar a partir de toda contradição que aconteceu. Nós precisamos de um novo caminho", afirmou.
- no G1
Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário