E O PDT FRAQUEJOU?



O anúncio feito pelo próprio Carlos Luppi, presidente nacional do PDT que o partido do saudoso (e como faz falta) Leonel Brizola deve apoiar a reeleição de Rodrigo Maia  (DEM) – o Botafogo de acordo com certas delações- chamou a atenção para uma questão importante.
O PDT velho de guerra, que passou os últimos anos arrotando ser um partido progressista, que quer um projeto de centro-esquerda finalmente vai se render para Bolsonaro?
Pois é, até por que Rodrigo Maia é  o representante maior do bolsonarismo nessa disputa pela mesa diretora da Câmara dos Deputados um dos mais importantes cargos públicos da nossa República Federativa do Brasil.
Ao fazer esse gesto o PDT deu um sinal de que quer ser uma oposição dentro da linha, sem atritos mais duros com os bolsonaristas que estão na crista da onda.
O PDT não quer perde essas ondas que virão.
Parece até que o PDT de Leonel Brizola está aderindo de forma inadvertida ao famoso toma lá dá cá.
Só pode ser isso.
(Por Tarso Araújo ,editor do Leia Sempre)

Veja matéria sobre esse assunto no site Ceará Agora:
PDT decidiu anunciar apoio à reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que é apoiado pelo PSL, do presidente da República, Jair Bolsonaro, e pela maioria dos partidos do Centrão. A decisão segundo o presidente da sigla, Carlos Lupi, foi definido por maioria.

A decisão do partido, do terceiro colocado na eleição presidencial, Ciro Gomes, enfraquece a oposição a Bolsonaro. Lupi disse que o PDT indicou apoio a Maia, mas vai priorizar ainda a conversa com o bloco com PSB e PCdoB. Segundo ele, a aliança com Maia é “amplamente majoritária” na bancada do pedetista na Câmara.
Dirigentes dos partidos devem se reunir na terça-feira para tomar uma posição. Lupi diz que, até lá, o apoio a Maia ainda não está garantido. O partido ainda avalia se corre o risco e se isolar dos outros partidos para apoiar o atual presidente da Câmara.
Os líderes de PDT, PSB e PCdoB/PPL  haviam anunciado a formação de um bloco de oposição a Bolsonaro na Câmara, que poderia ser o maior da próxima legislatura com 70 integrantes – o PT, fora do grupo, possui 56. O bloco ainda busca a adesão de outras legendas. O PSL de Bolsonaro tem 52 deputados eleitos.

Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário