EM MISSÃO VELHA TARDINY TEM PRISÃO PREVENTIVA DECRETADA


Uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público do Estado (MPCE), cumpriram mandatos de busca em Missão Velha, na manhã desta terça-feira, 12. Policiais e promotores foram à Prefeitura e as casas do ex-prefeito Tardiny Pinheiro (PT) e duas secretárias da sua gestão. Os três têm prisão preventiva decretada.

As investigações apuram suposto esquema de corrupção no governo Tardiny, sob a acusação de desvio de R$ 7 milhões, transferidos da conta da Prefeitura para uma empresa de assessoria e digitação. A operação apura irregularidades na transferência, se configurando indício de desvio de dinheiro do erário.

(no blog do Madson Vagner)
Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário