CHUVAS IRREGULARES PROVOCAM QUEDA NA COLHEITA DE GRÃOS NO CEARÁ

No início de cada ano, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) faz uma estimativa da colheita dos grãos ao fim da quadra chuvosa. Em 2019, o resultado verificado ao fim do período de chuvas ficou aquém da expectativa, que era de atingir 653 mil toneladas, um dos melhores índices já ansiados no Ceará.
A irregularidade das precipitações, de forma espacial e temporal entre fevereiro e maio, resultou em perda para a safra de grãos. Os fatores que ocasionaram esse cenário estão relacionados com a chuva. Na região Norte (Ibiapaba, Sobral e Baixo Acaraú) os prejuízos foram causados por excesso de precipitações. No Sertão Central, Inhamuns, Centro-Sul e Cariri, por escassez de água.
"Se não fossem os veranicos, teríamos uma das maiores safras da história do Ceará", pontua o titular da SDA, De Assis Diniz. A agrônoma da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), Gecilda Correia Nunes, que faz o relatório sobre a situação de produção da safra de grãos de sequeiros, descreve a frustração no plantio. "Neste ano, tivemos perda média, até o momento, de 25,84% em relação ao esperado no início do ano", pontuou. Esse indicador pode chegar, após a finalização do relatório, à marca de 30% de perda, se comparado ao prognóstico do início do ano.
A região do Cariri foi uma das que registraram maior índice de perda. Em Brejo Santo, por exemplo, a frustração da safra de milho chega a 87% e de feijão de corda, 65%. Já em Jardim, no extremo Sul do Ceará a média de perda é de 90%. "Tivemos uma perda significativa", observou o gerente regional da Ematerce, José Dias Ferreira. "Foi um desastre".
No Cariri, as chuvas chegaram tarde, a partir da segunda quinzena de março. O agricultor Francisco Lima plantou três hectares de milho e feijão na localidade de São Felipe.
(no DN)
CHUVAS IRREGULARES PROVOCAM QUEDA NA COLHEITA DE GRÃOS NO CEARÁ CHUVAS IRREGULARES PROVOCAM QUEDA NA COLHEITA DE GRÃOS NO CEARÁ Reviewed by leiasempre on 05:40:00 Rating: 5

Nenhum comentário