DIMENSTEIN: A GRANDE VERDADE SOBRE MORO QUE TODOS DEVERIAM CONCORDAR

Como os leitores sabem, fiz vários artigos apoiando o juiz Sergio Moro.
Repito: vários.

Continuo achando que, apesar dos erros, a operação Lava Jato é um marco no combate a corrupção no país.




Pedi desculpas aos meus leitores quando Moro aceitou ser ministro.
Meu argumento era simples: ele daria a impressão de parcialidade, ao se tornar ministro de Bolsonaro, cuja eleição se deve, em parte, a Lula estar preso.

E quem pôs Lula na cadeia foi Moro.

Disse na época: ele abateu a imagem da Lava Jato

Com as revelações do site Intercept, ficou clara a vontade que ele tinha de pegar o Lula, mesmo passando por cima da ética.

Não estou aqui dizendo que Lula é inocente.

Estou dizendo que, no mínimo, Moro foi mais militante do que juiz.

Daí surge a verdade que todos –isso mesmo, todos– deveriam concordar.

Por ambição ou vaidade, não importa, Moro prejudicou a Lava Jato.

Acabou ajudando quem quer explodir todo o processo de combate à corrupção.
(Por Gilberto Dimenstein, nosite Catraca Livre)
Share on Google Plus

About leiasempre

Leia Sempre

0 comentários:

Postar um comentário