Rota Cariri vai passar pelo Crato

Patativa do Assaré: Sou cabra da Peste, sou do Ceará


Nesse momento em que o presidente do  Brasil de maneira inadvertida e medíocre ataca o povo do Nordeste  os governadores, nada melhor do que relembrar do nosso Nordeste nas palavras belíssimas do grande Patativa do Assaré, que mesmo não tendo “estudo” foi um doutor da cultura, da poesia,  da beleza das palavras encontradas em seus versos.

Patativa foi um homem que tanto  amou o Nordeste e o Ceará, bem como, sua gente que fez poemas destacando a beleza e força do nosso povo.

E  sempre teve a cultura que esse presidente não tem.

“Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome, pergunto o que há?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará.



Quer ler mais sobre Patativa?

https://pt.wikipedia.org/wiki/Patativa_do_Assar%C3%A9

Patativa do Assaré: Sou cabra da Peste, sou do Ceará Patativa do Assaré: Sou cabra da Peste, sou do Ceará Reviewed by leiasempre on 09:07:00 Rating: 5

Nenhum comentário