Militares atirando em civis no Chile

Câmara do Crato debate reivindicações dos servidores municipais


Na noite de segunda-feira (12) durante sessão ordinária, os vereadores receberam no plenário da Câmara servidores públicos municipais, representados pelo vice-presidente do Sindicato dos servidores municipais do Crato (Sindsmcrato), Oldack César, que utilizou a tribuna. Eles reivindicaram o apoio da casa para que a jornada de trabalho dos concursados do ano de 2002 permaneça em 30 horas semanais, conforme solicitado em um ofício que foi entregue à gestão municipal. As solicitações aconteceram após o executivo sinalizar que os servidores teriam que passar a cumprir as 40 horas semanais previstas.
O líder do prefeito, Renan Almeida (PATRIOTAS), explicou que na época do concurso o edital não previa uma jornada de trabalho e os servidores estariam sujeitos a cumprir a carga horária da Lei municipal, de 30 horas, mas que foi modificada em 2003 para 40 horas, porém, nunca foi cumprida. O vereador explicou que a gestão apenas quis cobrar o que está previsto em Lei e o prefeito José Ailton está disposto a dialogar com a classe desde que sejam estabelecidos alguns critérios a serem acertados como a utilização do ponto eletrônico.
O presidente Florisval Coriolano (PRTB) informou que conversou com Zé Ailton que afirmou que iria dialogar com o sindicato para solucionar este problema. O vereador destacou que a casa estará a disposição para aprovar um projeto de Lei, de autoria do prefeito municipal, em caráter de urgência para que seja fixado o horário de 6 horas diárias para os concursados de 2002.  

Câmara do Crato debate reivindicações dos servidores municipais Câmara do Crato debate reivindicações dos servidores municipais Reviewed by leiasempre on 16:28:00 Rating: 5

Nenhum comentário