Morra de rir: deputado do PSL quer criar dia da facada no Bolsonaro

(No Uol)

Só mesmo rindo muito ou lamentando o cinismo dos políticos do atual  governo brasileiro e do extremista PSL. Um deputado do partido do presidente quer criar o dia da facada no Bolsonaro. Acho que seria tipo uma nova data comemorativa que os bolsonaristas vão querer fazer até desfile para homenagear a ditadura.

Leia detalhes na matéria publicada pelo site Brasil 247:

O deputado bolsonarista Carlos Jordy (PSL-RJ) apresentou na última quarta-feira (28), à Câmara dos Deputados, um projeto de lei para instituir o Dia Nacional de Combate à Intolerância Ideológica no Brasil. Segundo o projeto a data, 6 de setembro, servirá para lembrar a facada sofrida pelo então candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha eleitoral do ano passado.

“Nos últimos anos, o Brasil tem sido palco de constantes confrontos ideológicos, não somente entre partidos políticos, mas também entre parcelas da sociedade. As ideologias modernas e contemporâneas racionalizam e justificam paixões muitas vezes de forma exagerada, que ao invés de promoverem um debate restrito às ideias, passam à violência física ou difamatória”, justificou o parlamentar.
Morra de rir: deputado do PSL quer criar dia da facada no Bolsonaro Morra de rir: deputado do PSL quer criar dia da facada no Bolsonaro Reviewed by leiasempre on 15:15:00 Rating: 5

Nenhum comentário