Movimento Nacional de Direitos Humanos entrou com ação no STF contra Damares

O Movimento Nacional de Direitos Humanos entrou segunda com uma ação, no STF, contra a ministra Damares Alves.
É por ela ter dito, dia 24, que mulheres e meninas da Ilha de Marajó, no Pará, são estupradas “porque não têm calcinha, são muito pobres”.
A ação foi distribuída para a ministra Rosa Weber.
Na ação, o movimento alega que as falas da ministra não têm comprovação e, “além de gerar desinformação, atacam pessoalmente a população citada, causando drástica violação de direitos individuais e coletivos”.
De O Globo
Movimento Nacional de Direitos Humanos entrou com ação no STF contra Damares Movimento Nacional de Direitos Humanos entrou com ação no STF contra Damares Reviewed by leiasempre on 11:26:00 Rating: 5

Nenhum comentário