O preconceito de Bolsonaro ao Nordeste é fruto da história brasileira com a pobreza



A história o Brasil é clara quando falamos do Nordeste e da pobreza do País, duas coisas que parecem andar sempre juntas e misturadas.

Há fatos incontestáveis de que a pobreza do Nordeste é maior que no Sul devido a uma opção política dos governantes e da  elite brasileira.

O preconceito ao Nordeste,  ao pobre e a outros grupos como indígenas, LGBT, negros, mulheres é fruto exatamente dessa escolha da elite em ter um País como um lado mais rico e outro na pobreza.

Ter um País excludente, que tem um gigantesco fosso entre Nordeste Sul e ricos e pobres. O Brasil não está dividido por ideologias, mas pela desigualdade social e regional.

O preconceito regional, a xenofobia é parte do discurso do atual governo Bolsonaro.

Um alerta nos vem com uma matéria publicada no site The Intercept Brasil sobre o discurso e o preconceito regional que atinge o povo do Nordeste.

Um discurso preconceituoso que tem apoiadores na sociedade, e inclusive de gente do próprio Nordeste.

A matéria tem como título: Bolsonaro despreza os nordestinos. E ele não está sozinho.



O preconceito de Bolsonaro ao Nordeste é fruto da história brasileira com a pobreza O preconceito de Bolsonaro ao Nordeste é fruto da história brasileira com a pobreza Reviewed by leiasempre on 12:50:00 Rating: 5

Nenhum comentário