Greta Thumberg tem razão: precisamos debater o aquecimento global


# Por Tarso Araújo, radialista, nordestino e editor do Leia Sempre

O radialista Gustavo negreiro da 96 FM de Natal perdeu emprego na emissora após atacar a ambientalista Greta Thumberg.

Não vou aqui festejar desemprego para ninguém mas gostaria de fazer uma reflexão.
Ninguém é obrigado a gostar ou amar a jovem ambientalista que teve um ideia, de fazer uma mobilização contra  o aquecimento global que pegou pelo mundo na era das redes sociais.

Acho uma causa nobre e um debate necessário a ser feito  não apenas pelos jovens, mas também por nós, coroas, que fazemos parte de uma geração que parece estar perdendo a batalha pela cidadania, pela civilização e pelos direitos humanos para movimentos, políticos, governos e gente extremista de direita.

Particularmente não sei bem a história da Greta, mas apenas divulgo o que acho interessante.

Andaram divulgando que ela tem patrocínio de George Soros e por aí vai.
Isso para mim é irrelevante.

O relevante é que o debate proposto deve ser feito e estamos atrasados.
Mas o que chama a atenção é a postura do radialista.

Como todo bolsonarista,  no lugar de fazer uma crítica baseada noutra perspectiva sobre o assunto, ataca a menina.

É gente, Greta é uma menina de 16 anos que tem síndrome de asperge.

Atacar a menina da forma como ele atacou nos deixa a nítida impressão de que o Brasil está muito doente, precisando de uma mudança drástica no comportamento geral das pessoas começando evidentemente por nós que fazemos a imprensa.

Não precisa atacar pessoa alguma dessa forma apenas questionar seria melhor, mais honesto e mais saudável.

Fico imaginando a cabeça de uma pessoa que de forma tão desonesta ataca uma pessoa do outro lado do mundo, que ele mal conhece, só porque a menina quer debater um tema que a extrema direita no mundo inteiro finge de forma desonesta que não existe que é o aquecimento global.

Vamos acordar.

O mundo está mais quente, o lixo toma conta de várias cidades brasileiras, não tempos planejamento, tampouco um debate sério sobre temas, no Brasil, como a seca e as enchentes que atingem várias cidades do Sul e Sudeste.

Quantas vezes estamos em casa aqui no Nordeste vemos as grandes enchentes em São Paulo e Rio?

Aqui temos seca em outras regiões muita chuva. São problemas que temos que conviver, mas no Brasil nada disso vem sendo debatido.

Sabe o que realmente penso?

Está na hora de começarmos a debater de forma séria esses assuntos, sem extremismos, sem agressões, sem ódio como o radialista destila o tempo inteiro, mas com dados científicos e com o objetivo de planejar saídas.

O radialista potiguar deu um péssimo exemplo. Nós nordestinos temos que ser mais tolerantes pois passamos até hoje sendo discriminados, portanto, entendemos ou deveríamos entender quando alguém sofre alguma discriminação.

A jovem Greta tem razão, precisamos debater soluções.

O Brasil precisa urgentemente debater soluções nessa área, repito, sem extremismos.

A era dos extremismos tem que passar, ou vamos ficar debatendo apenas em cima do ódio, do preconceito, e de um fundamentalismo que nos levará ao precipício.

# Por Tarso Araújo, radialista, nordestino e editor do Leia Sempre



Greta Thumberg tem razão: precisamos debater o aquecimento global Greta Thumberg tem razão: precisamos debater o aquecimento global Reviewed by leiasempre on 05:04:00 Rating: 5

Nenhum comentário