Queimadas em territórios indígenas cresceram 88% em 2019

Os focos de incêndio em terras indígenas cresceram 88%, de janeiro a agosto deste ano, na comparação com o 2018, de acordo com levantamento realizado pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), baseado em informações coletadas junto ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O crescimento atípico é atribuído a “ações criminosas” que têm sido estimuladas pelo discurso do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que também tem provocado o “desmonte” do sistema de proteção ambiental.
Segundo o recém-eleito secretário-executivo do Cimi, Antônio Eduardo Cerqueira de Oliveira, as comunidades indígenas estão assustadas com o crescimento das queimadas. “O país inteiro está assustado. O mundo está assustado com essa avalanche, com essa ação criminosa que está ocorrendo no país. Não é uma situação que ocorre de forma natural, mas é intencional, para que as terras indígenas sejam prejudicadas”, afirmou em entrevista à jornalista Marilu Cabanãs, para o Jornal Brasil Atual, nesta segunda-feira (16).
Os focos de incêndio se concentram nos estados de Tocantins, Mato Grosso, em áreas de Cerrado, e na também na região amazônica. Desde o início do ano, foram 9.078 mil focos registrados em terras indígenas. A “explosão” se deu em agosto, quando foram registrados mais de 4 mil pontos de queimada.
No município de Lagoa da Confusão, em Tocantins, o fogo consumiu 95% da terra indígena Krahô-Kanela. “Processo de queimada foi para além da região Amazônica. Terra indígena Krahô-Kanela: o fogo iniciou em áreas de fazenda e, infelizmente, apesar de todo esforço feito pelos próprios Krahô e por outros povos indígenas, não conseguiram fazer frente, e a queimada avançou para praticamente todo o território”, denuncia o secretário adjunto do Cimi, Cleber Buzatto.
Os integrantes do Conselho ressaltam que as estruturas dos órgãos de preservação e controle estão sendo desmontadas, e os próprios indígenas buscam fazer o combate. Sem o treinamento e preparo adequado, expõem as próprias vidas, na tentativa de salvar a vegetação e os animais da região onde vivem.
# na Rede Brasil Atual 
Queimadas em territórios indígenas cresceram 88% em 2019 Queimadas em territórios indígenas cresceram 88% em 2019 Reviewed by leiasempre on 11:18:00 Rating: 5

Nenhum comentário