Tales Faria confirma o ‘peitaço’ de Bolsonaro em Moro por ação da PF

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço.

Repórter de vocação e velho e bom amigo Tales Faria, lá de Brasília, conta como foi a “prensa” que Sergio Moro tomou hoje de Jair Bolsonaro.
E não foi lá tão diferente do que se previa aqui, quando ele foi chamado, fora da agenda, ao Alvorada, onde o presidente ainda se recupera da cirurgia de 11 dias atrás.
Tales mostra que Bolsonaro não é bobo de cair no ar de sonso do ex-juiz.
Não acredita nele, tolera-0 e toureia-o.

“A PF está fora de controle?”,
perguntou o presidente Bolsonaro a Moro

Tales Faria, no UOL
Em encontro hoje com o ministro da Justiça, Sergio Moro, o presidente Jair Bolsonaro perguntou: “A PF tinha razão para a busca e apreensão ou está fora de controle?”
Bolsonaro arrematou que se a PF estiver certa, tudo bem. Mas, se estiver fora de controle, cabe a Moro o enquadramento. O problema é que a ação contra um líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), cria muitos problemas para o Planalto.
Na prática, Bolsonaro sente que tentam encurralá-lo: ou afasta o líder ou o diretor da PF, com risco de acabar perdendo o ministro.
O presidente e seus auxiliares suspeitam que a ação da Polícia Federal contra o senador tenha sido uma ação deliberada contra seu governo.
Moro negou que tenha perdido o controle do órgão. Mas seus argumentos ainda não convenceram os articuladores políticos do Planalto.
Há coincidências demais, na avaliação de um desses auxiliares do presidente;
    1. o pedido de busca e apreensão não ter sido endossado pela Procuradoria-Geral da República, o que pode significar uma argumentação frágil;
    2. o momento inconveniente para uma ação no Senado, justo quando o Planalto precisa aprovar a indicação para embaixador nos EUA do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), filho mais novo de presidente;
    3. a revolta da Polícia Federal com o afastamento do diretor da PF do Rio de Janeiro, Ricardo Saadi, após investigações envolvendo o filho mais velho do presidente, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ);
    4. as ameaças do Planalto de demitir o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, braço direito do ministro da Justiça;
    5. a insatisfação da força-tarefa da Lava jato com a indicação do futuro procurador-geral da República, Augusto Aras.
Tudo isso junto e misturado está deixando Bolsonaro profundamente desconfiado.
O presidente acreditava que havia superado os problemas com a PF depois que recebeu a visita de Sérgio Moro no domingo (15), quando ainda estava hospitalizado em São Paulo.
Ali ele deu autorização para o ministro anunciar que Valeixo permaneceria no cargo.
Agora seus assessores voltaram a duvidar da permanência do chefe da Polícia Federal.
Adendo: Às 17h24, a Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça enviou ao blog a seguinte nota: “O Ministro Sérgio Moro nega que tenha tido qualquer conversa com esse teor com o Presidente da República”
Volto e comento: a PF está sob controle.
O controle de Sérgio Moro, e Bolsonaro sabe disso, por isso tanta preocupação.


Tales Faria confirma o ‘peitaço’ de Bolsonaro em Moro por ação da PF Tales Faria confirma o ‘peitaço’ de Bolsonaro em Moro por ação da PF Reviewed by leiasempre on 08:09:00 Rating: 5

Nenhum comentário