Eduardo Bolsonaro, o autoproclamado chanceler do Brasil


O filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro deve estar se sentido o próprio chanceler brasileiro, mas autoproclamado claro.

Isso por que virou moda na América Latina, e isso vai levar nosso continente para a latrina, que basta se autoproclamar presidente de alguma coisa que vale.

Essas autoproclamações ferem as constituições e se trata apenas de tentativas de setores que perderam as eleições darem golpes para tomar o poder.

Assim se faz na Venezuela o Guaidó e agora os milicianos e militares que deram o golpe em Evo Morales na Bolívia.

Sim, na Bolívia foi golpe dado com apoio dos militares e milícias de Camacho ,aquele mesmo que tem um grupo armado miliciano, mas entra no Palácio do Governo com uma Bíblia na mão.

Voltando ao Eduardo Bolsonaro é dizer que foi uma palhaçada a invasão da embaixada da Venezuela em Brasília ontem, durante encontro dos BRICS.
Eduardo simplesmente deu apoio à invasão, fazendo com que e o Brasil descumprisse tratado internacional.

No afã de fazer fumaça num momento que o governo Bolsonaro se vê às voltas com várias denúncias, Eduardinho simplesmente faltou com o decoro, pois estimulou como parlamentar a invasão de um território estrangeiro no Brasil, ou seja, a embaixada.

Óbvio que o conselho de ética da Câmara dos Deputados é figurante nada vai acontecer com o Eduardo Bolsonaro.

Mas que ele cometeu um baita falta de decoro, cometeu com certeza. Só que o autoproclamado chanceler Eduardo não será atingido por nada. E vai continuar tuitanto de falando asneiras.

Eduardo Bolsonaro, o autoproclamado chanceler do Brasil Eduardo Bolsonaro, o autoproclamado chanceler do Brasil Reviewed by leiasempre on 07:19:00 Rating: 5

Nenhum comentário