Governadores do Nordeste cumprem mais promessas de campanha que Jair Bolsonaro



Os governadores Camilo Santana (PT), do Ceará; Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão; e Rui Costa (PT), da Bahia, estão entre os governantes estaduais que mais se destacaram em 2020. O primeiro ano do segundo mandato dos três foi marcado pela realização de promessas de campanha acima da média nacional e acima até mesmo do presidente Jair Bolsonaro.
Enquanto Camilo e Dino se destacam na proporção entre promessas feitas e promessas cumpridas ou em execução, Rui Costa é, em termos absolutos, o governador que mais concretizou projetos anunciados no período eleitoral. Em contraste, Bolsonaro apenas cumpriu 16 e iniciou 9 das 58 promessas de campanha neste primeiro ano de mandato.
Os dados são do portal G1, que fez um levantamento sobre as principais bandeiras de campanha dos 27 governadores e do presidente da República. O portal conta o que foi apresentado em programa de governo registrado no TSE, além de entrevistas e debates.
Segundo a pesquisa, apenas 44,8% do que foi anunciado por Bolsonaro foi iniciado ou finalizado. Sob os mesmos parâmetros, Camilo conseguiu atingir 73,6% e Dino alcançou 70,2%. Em termos absolutos, foram 14 promessas cumpridas/em execução no Ceará e 40 no Maranhão.
Apesar de percentualmente estar longe do “topo” da lista, o governador Rui Costa foi o que mais cumpriu promessas em termos absolutos. Das ousadas 144 bandeiras, 50 já foram cumpridas ou iniciadas, representando 34,72%.
Poucos governadores ultrapassaram ou chegaram ao “aproveitamento” de 50% no primeiro ano. Apenas em Amazonas, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Pernambuco o percentual supera a metade. Além deles, em Santa Catarina, São Paulo e Sergipe, os índices foram superiores ao do presidente Jair Bolsonaro.

(Revista Fórum)
Governadores do Nordeste cumprem mais promessas de campanha que Jair Bolsonaro Governadores do Nordeste cumprem mais promessas de campanha que Jair Bolsonaro Reviewed by leiasempre on 06:41:00 Rating: 5

Nenhum comentário