Não existe empreendedorismo se é feito por desespero


(Portal Disparada)

O youtuber Felipe Neto usou o twitter, onde ele tem milhões de seguidores para fazer uma reflexão sobre um tema em moda no Brasil: o empreendedorismo.

Nos dias atuais a mídia corporativa vem fazendo uma campanha muito bem alinhada com o governo e o discurso de que o brasileiro agora é excelência em empreendedorismo.

Como se os milhões de brasileiros que vem perdendo emprego, principalmente depois da reforma trabalhista de Temer apoiada por Bolsonaro e seus aliados -  sejam agora empreendedores.

Não minha gente.

Ser empreendedor porque trabalha no Uber ou está vendendo cachorro-quente numa praça, é uma desfaçatez.

Esse cara que está trabalhando em área de risco, 14 ou 15 horas por dia sem direito algum, sem férias, sem 13º salário, sem hora-extra, sem nada, não é um empreendedor é um sub-emprego.

Qual brasileiro e trabalhador não conhece um sub-emprego de longe?.

Todos sabemos.

O empreendedorismo existe quando há oportunidades de investimentos, recursos e é uma escolha da pessoa.

Eu deixo de ser um assalariado porque prefiro investir em algum negócio. Mas vender coisas, uberizar, ter um trabalho sem direito algum nunca foi empreendedorismo. Não caia nessa.

 Escreveu Felipe Neto:

Não existe “empreendedorismo” se é feito por desespero de sobrevivência, aí o nome é “sub-emprego” mesmo. Parem de tentar convencer as pessoas q os mano se MATANDO sem CLT e sem qlq perspectiva de crescimento é “empreendedorismo”.

por Tarso Araújo, editor do Leia Sempre.

Não existe empreendedorismo se é feito por desespero Não existe empreendedorismo se é feito por desespero Reviewed by leiasempre on 05:19:00 Rating: 5

Nenhum comentário