Greve dos petroleiros já chega em 13 estados brasileiros

Da Rede Brasil Atual:

Mobilização dos petroleiros chega a 95 unidades da Petrobras em 13 estados


A greve nacional dos petroleiros entrou nesta segunda-feira (10) em seu décimo dia, com adesões em 95 unidades do Sistema Petrobras, em 13 estados brasileiros. Cerca de 20 mil trabalhadores estão mobilizados de norte a sul do país nesta que é considerada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos como a greve mais forte da categoria nos últimos anos.

(...) Os petroleiros cobram a suspensão das demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen-PR), previstas para terem início na próxima sexta-feira (14), e o cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho.

No final de semana, trabalhadores de mais três plataformas entraram em greve, junto com os operadores do Terminal Aquaviário de Vitória. Nesta segunda, pela manhã, os trabalhadores da manutenção e do escritório do terminal também aderiram ao movimento. Ainda durante esta segunda, mais três plataformas se somaram à greve na Bacia de Campos.

Já são, portanto, 43 plataformas, 18 terminais, 11 refinarias e mais outras 20 unidades operacionais e 3 bases administrativas com trabalhadores em greve por todo o país.

Segundo a FUP, a adesão dos petroleiros à greve ocorre sem piquetes, na base do convencimento, em cumprimento à decisão do ministro do TST, Ives Gandra. Os petroleiros dizem que a direção da Petrobras, por sua vez, continua negando o acesso das representações sindicais às unidades para averiguar o quantitativo de trabalhadores necessário para manter com segurança o atendimento das necessidades básicas da população.

Em vez de negociar com a FUP e os sindicatos, a gestão da empresa descumpre medidas judiciais e a própria legislação, anunciando que está providenciando “a contratação imediata de pessoas e serviços, de forma emergencial, para garantir a continuidade operacional em suas unidades durante a greve”.

Ao mesmo tempo, a Petrobras informa que “as unidades estão operando nas condições adequadas, com reforço de equipes de contingência quando necessário, e não há impactos na produção até o momento”.

A contradição da gestão da empresa evidencia o tratamento político que está dando à greve dos petroleiros, ao querer criminalizar o movimento. Para isso, coloca em risco a segurança dos trabalhadores e das próprias unidades ao anunciar a contratação de “fura-greves”- afirmam os petroleiros. (...)
Greve dos petroleiros já chega em 13 estados brasileiros Greve dos petroleiros já chega em 13 estados brasileiros Reviewed by leiasempre on 13:28:00 Rating: 5

Nenhum comentário