Presidente da Câmara de Santana do Cariri nega a palavra ao secretário de Finanças e ao procurador do município



A sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Santana do Cariri desta quinta-feira, 13, foi marcada pelo descumprimento do Regimento Interno e atitude antidemocrática por parte da presidência da casa. 

Nesta sessão estava prevista a palavra do Secretário de Finanças, Olímpio Arraes, que iria prestar esclarecimentos acerca da contribuição de iluminação pública no município, assim como o Procurador do município, Sangiorgy Ribeiro. O gestor das finanças protocolou pedido de uso da tribuna no último dia 10 de fevereiro, mas teve a solicitação indeferida pela presidente Luciene Soares – PDT, só as 13h desta quinta-feira, dia da sessão legislativa, ficando assim impossibilitado de usar a tribuna. 

O procurador também não teve direito a palavra. Solidários ao secretário que prestaria esclarecimento à população sobre um assunto tão importante, os vereadores de situação solicitaram que fosse confeccionado um requerimento para que o plenário apreciasse, o que também foi inviabilizado, pois até o servidor da casa foi proibido de digitar o documento. A casa estava tomada por populares que acompanhavam a reunião. 

Como o regimento da casa ferido e com as prerrogativas negadas, 6 parlamentares deixaram o plenário vazio em resposta a atitude antidemocrática da presidente Luciene e a sessão foi encerrada por falta de quórum.

Presidente da Câmara de Santana do Cariri nega a palavra ao secretário de Finanças e ao procurador do município Presidente da Câmara de Santana do Cariri nega a palavra ao secretário de Finanças e ao procurador do município Reviewed by leiasempre on 10:53:00 Rating: 5

Nenhum comentário