Ernesto Araújo, um idiota na diplomacia brasileira


Segue abaixo o contundente e verdadeiro editorial do Grupo Bandeirantes de Comunicação acerca da postura do chanceler Ernesto Araújo e do deputado Eduardo Bolsonaro no caso dos ataques ao China e ao governo chinês.

Leiam e tirem suas conclusões:

A provocação desnecessária de um deputado irresponsável, seguida de um chanceler idiotizado, uma espécie de Barão do Rio Branco às avessas colocou o Brasil em conflito com o seu maior parceiro comercial.

Pura inépcia. O chefe da diplomacia que teria como missão zelar pelos interesses do país torna-se assim um obstáculo, talvez o maior, no caminho das nossas relações com a China.
O lamentável chanceler realiza essa proeza de inverter seu papel numa demonstração clara que é incapaz de responder pelo cargo que lhe deram.

Exigir, como ele exigiu, que o embaixador chinês se retratasse depois de reagir ao destempero do deputado é uma atitude descabida que prova a inconsciência de um diplomata despreparado.

Uma atitude de desprezo pela amizade e respeito do Brasil por um povo que nesse momento mostra sua tenacidade numa luta eficiente contra o coronavírus. Exatamente o contrário do que conseguem enxergar o deputado imaturo e o chanceler inepto.

Por quanto tempos veremos ainda um idiota ocupar a cadeira de Rio  Branco, Afonso Arinos e Santiago Dantas?

Essa é a opinião do Grupo Bandeirantes de Comunicação.



Ernesto Araújo, um idiota na diplomacia brasileira Ernesto Araújo, um idiota na diplomacia brasileira Reviewed by leiasempre on 05:46:00 Rating: 5

Nenhum comentário